4 passos básicos para colorir o cabelo corretamente

4 passos básicos para colorir o cabelo corretamente

Colorir o cabelo faz parte das dúvidas e desejos de quase toda mulher. Afinal, esse é um jeito e tanto de mudar o visual, não é? Entre diversas opções, é possível ficar loira, ruiva, morena e até com fios em cores diferenciadas, como azul e rosa.

Ao mesmo tempo, o processo mexe com a estrutura capilar. A menos que você recorra ao tonalizante, é preciso ter muito cuidado para que tudo saia como o esperado. Porém, ao agir corretamente não há o risco de ter surpresas desagradáveis, como manchas e queda capilar.

Quer descobrir como fazer? Então, veja 4 passos básicos para quem deseja colorir o cabelo e ter bons resultados.

1. Prefira a ajuda de um especialista

A primeira recomendação é simples e direta: tenha o apoio de um cabeleireiro. Esse profissional é capacitado para lidar com os fios, com os processos de coloração e com os resultados.

Em vez de fazer em casa, é melhor comprar uma tinta de boa qualidade e ir a um especialista em que confia. A ida ao salão traz muito mais segurança porque você estará nas mãos de quem faz isso todos os dias. No entanto, tome cuidado para escolher quem realmente entende.

2. Selecione uma cor adequada para os fios

Para começar o processo, é essencial compreender quais são os seus desejos ao colorir o cabelo. É a hora de optar pela cor que combina com você, com o seu estilo de vida e, principalmente, com as características do seu cabelo.

Quem tiver madeixas muito escuras, provavelmente, não chegará a um tom platinado de uma só vez. Da mesma forma, é difícil sair do ruivo para um loiro claro sem manchas. Já fios danificados podem ficar bem com cores escuras e que disfarçam. Se o cabelo for claro, ele aceita praticamente qualquer tintura.

Não se esqueça de pensar no seu tom de pele e até no que tem feito sucesso entre as tendências. Busque inspirações na internet, procure pessoas semelhantes a você e considere pedir a opinião de um profissional.

3. Faça um teste de mecha antes de colorir o cabelo

Caso decida não ir ao salão, os cuidados com o uso da tintura em casa exige atenção reforçada. Qualquer erro pode terminar em desastre capilar, então é importante fazer tudo direitinho. Para não correr riscos, não abra mão do teste de mecha.

Basicamente, isso consiste em pegar uma mecha de cabelo da nuca e aplicar o descolorante ou a tinta. Deixe agir pelo tempo necessário e veja os resultados. Você vai descobrir o quanto o clareia ou como ficará a cor. Também é um jeito de identificar se tem alergia ou alguma reação. Para quem tem química, é um meio de evitar a queda causada pela mistura de produtos.

Inclusive, mesmo que esteja no salão exija a realização do teste. É a garantia de conhecer o que vai acontecer antes de aplicar na cabeça toda. Caso tudo saia como o esperado, aplique no restante das madeixas, conforme indicação do fabricante.

4. Redobre os cuidados após colorir o cabelo

Após colorir o cabelo, o trabalho não acabou — pelo contrário. É comum que os fios fiquem um pouco ressecados ou agredidos, especialmente se houve a descoloração. Para que o visual se mantenha bonito, reforce processos de hidratação, nutrição e recuperação. Vale, inclusive, fazer um cronograma capilar.

Também é preciso usar produtos especiais para cabelos coloridos. Quem tiver fios claros, por exemplo, vai ter que utilizar matizadores e protetores contra a oxidação. As ruivas devem evitar o desbotamento; enquanto as novas morenas precisam reduzir as manchas. Então, tudo isso requer um carinho extra.

Seguindo essas orientações para quem deseja colorir o cabelo, será muito mais fácil lidar com as mudanças, sem correr o risco de estragar os fios, garantindo um cabelo saudável e lindo. Lembre-se de que o melhor jeito de evitar resultados inesperados é procurando a ajuda de um profissional.

Gostou de ficar por dentro dessas sugestões? Então, assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente em seu e-mail!

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.