Como fazer um cronograma capilar?

Como fazer um cronograma capilar?

O cronograma capilar faz parte de um protocolo para os cabelos que busca cuidar dos fios e fornecer tudo de que precisam para crescerem bonitos e cheios de vida. Ele também ajuda a reconstruir, hidratar e nutrir os cabelos. Deixando os cabelos bem mais saudáveis.

Quer entender melhor como isso funciona? Veja o que é o cronograma capilar e como fazer um exclusivamente para o seu tipo de cabelo.

O que é o cronograma capilar?

Embora pareça algo extremamente complexo e de cunho profissional, esse instrumento nada mais é que um calendário de hidratações, reconstruções e nutrições. Serve para amenizar os danos em cabelos quimicamente tratados, auxiliar no processo de transição capilar da progressiva para os cachos e manter os fios naturais sempre bonitos.

O bom é que todos os procedimentos são possíveis de serem feitos em casa, até mesmo com receitas caseiras. Para isso, você só precisa saber o nível de dano dos seus fios. Esse é o primeiro passo para montar um cronograma capilar e mudar de vez a saúde dos seus cabelos!

Como cuidar de cabelos saudáveis?

Os cabelos saudáveis também precisam de cuidados. No entanto, não é necessário fazer procedimentos muito intensos com regularidade. O mais interessante, nesse caso, é a hidratação, que serve para repor a água dos fios e conferir maciez aos cabelos.

Se o seu cabelo não tem químicas pesadas e sofre apenas as agressões naturais do dia a dia, você pode investir na seguinte proposta. Lave as madeixas três vezes na semana, em dias alternados. Diante disso, considerando que a agenda é composta por três tratamentos semanais, a hidratação deverá ser realizada pelo menos duas vezes na semana.

Assim, na primeira você vai fazer duas hidratações e uma nutrição. Já na segunda semana realizará uma hidratação, seguida de uma nutrição e outra hidratação. Na terceira, vai repetir as ações da primeira semana; e na última vai fazer uma hidratação, uma nutrição e, por fim, uma reconstrução.

Qual a melhor forma de cuidar de cabelos levemente danificados?

Seus cabelos estão maltratados e danificados? Nesse caso, a nutrição é fundamental. Ela consiste em repor a gordura dos fios e é especialmente indicada para cabelos que passaram por procedimentos agressivos, como as luzes, e estão opacos, ressecados e sem vida. Ela é feita com máscaras à base de manteigas e óleos extraídos dos vegetais; e sua frequência no cronograma vai depender do dano do cabelo.

Se os danos forem moderados, você pode fazer na primeira semana uma hidratação, seguida de uma nutrição e novamente uma hidratação. Na segunda, faça duas hidratações e uma nutrição. Na terceira, repita os procedimentos da primeira semana. Na quarta, faça uma reconstrução depois da nutrição e da hidratação.

O que usar para o tratamento de cabelos muito danificados?

Se o seu cabelo passou por processos em que houve perda de massa, como descolorações e escovas progressivas, você vai precisar repor essas proteínas com uma reconstrução. Ela pode ser feita dentro do cronograma capilar com máscaras reconstrutoras à base de queratina e outras substâncias semelhantes.

Dessa forma, seu instrumento de planejamento e controle ficará assim: na primeira semana, faça uma hidratação, uma nutrição e uma reconstrução. Na outra, faça uma nutrição, uma hidratação e outra nutrição. Já na terceira semana você deve repetir os procedimentos da primeira semana; e na última vai realizar duas hidratações e uma nutrição.

Embora o cronograma capilar seja idealizado dentro do período de um mês, os cabelos devem ser cuidados de maneira habitual. Assim, conforme ele for se recuperando, modifique a agenda e diminua o número de reconstruções. Procure sempre variar os produtos e os tratamentos para que o cabelo esteja sempre recebendo novos estímulos. Você verá como seus cabelos vão crescer bem mais macios e saudáveis.

Pronta para dar cara nova aos seus fios? Curta nossa página no Facebook receba muitas outras dicas incríveis.

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.