No Poo, Low Poo e Co-Wash: entenda a diferença

No Poo, Low Poo e Co-Wash: entenda a diferença

São muitas as técnicas e os procedimentos para cuidar dos cabelos. Apesar de algumas não serem consideradas “novas” no famoso universo capilar, nem todo mundo sabe exatamente para que servem ou o que significam. É o caso dos termos No Poo, Low Poo e Co-Wash. Você já ouviu falar neles? Sabe quais são as diferenças? Se a sua resposta foi não ou se você já ouviu falar, mas ainda tem algumas dúvidas a respeito, continue a leitura desse post! Explicaremos direitinho do que se tratam essas técnicas.

O que seriam No Poo, Low Poo e Co-Wash?

Basicamente, podemos dizer que No Poo, Low Poo e Co-Wash são três diferentes formas de tratar os cabelos. Há quem acredite que as substâncias conhecidas como sulfatos, parabenos e oléos sintéticos que são normalmente encontradas nos shampoos, além de limpar os fios, eliminam a oleosidade natural e os lipídios dos cabelos.

Foi a busca de como superar ou impedir aqueles eventuais danos que levou ao surgimento das técnicas No Poo, Low Poo e Co-Wash. Nelas, são utilizados produtos que não contém sulfatos em sua composição.

Como funciona o No Poo?

No Poo é um higienizador, assim como o shampoo normal. A diferença é que o produto No Poo não contém sulfatos, parabenos, sais e nem óleos sintéticos. Um produto No Poo não produz espuma por não conter Lauril.

E qual a diferença para o Low Poo?

Low Poo é quando, ao invés de não usar shampoo nenhum, usa-se apenas um pouquinho do produto para lavar os cabelos. Aqui, os shampoos que contenham sulfato são trocados pelos chamados “sulfate free”. A ideia é deixar que os cabelos respirem livres de agentes que podem ser agressivos para os fios.

Outra proposta da técnica é cortar o uso de produtos que sejam derivados do petróleo. Vale salientar que nem todo shampoo sem sal é considerado sulfate free: é preciso observar bem a composição desses produtos!

O que é Co-Wash?

O Co-Wash é uma técnica que utiliza o condicionador com agente principal da lavagem dos seus cabelos, uma vez que eles contêm sim agentes limpantes, os quais dispensariam em grande parte a necessidade de usar shampoos.

É importante considerar que, se a sua raiz for excessivamente oleosa, vale repensar o uso dessa proposta de tratamento. Já os cabelos totalmente secos ou que estejam ressecados podem aproveitar bastante os benefícios do Co-Wash.

Em primeiro lugar, é importante entender que nem todo condicionador deve ser usado no Co-Wash. Mas sim os produtos que não contenham petrolatos, ou melhor: sem óleos minerais, sem vaselina e silicone em sua composição. A ideia é passar nos fios e massageá-los. Em seguida, enxaguar.

Agora que você já sabe tudo sobre No Poo, Low Poo e Co-Wash, é hora de escolher qual é a melhor técnica para seus cabelos e iniciar os cuidados.

Gostou de conhecer melhor esses procedimentos? Então, o que acha de receber outros conteúdos diretamente em seu e-mail? Para isso, basta assinar a nossa newsletter. Assim, você ficará por dentro de outras informações importantes e não vai perder nada!

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.