O que analisar ao escolher um tonalizante?

O que analisar ao escolher um tonalizante?

Uma boa transformação nos cabelos é feita especialmente quando o assunto é colorir. Porém, são tantas as opções de tonalizantes, que é normal ficar um pouco confusa na hora de escolher, certo? É preciso atenção na hora de investir em um tonalizante para que as suas madeixas não sejam prejudicadas.

Está pensando em mudar a cor do cabelo e quer saber um pouco mais sobre os tonalizantes? Continue a leitura e confira as nossas dicas.

Saiba qual é seu tipo de cabelo

Conhecer seu tipo de cabelo é uma medida fundamental para escolher o tipo ideal de tonalizante para seu perfil. No entanto, a grande vantagem aqui é que os tonalizantes podem ser usados por todos os tipos de cabelo. Até mesmo aqueles que são tratados quimicamente.

Isso porque nem todas as químicas são compatíveis com a tintura permanente. Então, o uso do tonalizante está liberado.

Saiba a diferença entre tonalizante e coloração

Em primeiro lugar, é importante saber qual é a diferença entre tonalizante e coloração permanente, mais conhecida como tinta. O tonalizante é uma opção de efeito temporário. Costuma durar em torno de 25 lavagens, porque age de maneira superficial nos fios. Ou seja, se trata de uma opção muito interessante para quem deseja uma mudança de ordem transitória ou passageira.

O tonalizante não altera o pH das fibras capilares. Isso significa que consiste em um procedimento menos agressivo e, de maneira geral, pode ser aproveitado no mesmo dia em que outros procedimentos são feitos, como a escova progressiva (mesmo assim, vale ouvir a opinião de um cabeleireiro profissional antes de se lançar nessa ideia).

A tinta ou coloração tem caráter permanente e é ideal para quem deseja mudar de uma cor para outra radicalmente. A tintura permanente penetra no córtex capilar. Normalmente contém amônia em sua composição, por isso é mais forte e pode exigir uma hidratação nos cabelos. Enquanto o tonalizante demanda retoque nas madeixas inteiras, a tinta exige apenas na raiz dos cabelos.

Conheça os tipos de tonalizantes existentes

Um dos tipos de tonalizante é o shampoo. Ele costuma ser utilizado para reforçar o uso de alguma coloração, especialmente em casos da tintura permanente. É uma opção viável para quem deseja aplicar retoques e espaçar o uso da química da tintura. Além de ser uma solução mais econômica.

A máscara tonalizante segue o caminho do tonalizante comum; a diferença é que em sua composição você encontra cremes para hidratar os cabelos. Ou seja, além de colorir você trata os cabelos ao mesmo tempo. O uso é prático: basta aplicar após o uso do shampoo, esperar o produto agir por alguns minutos e enxaguar, finalizando a etapa com emprego do condicionador.

Invista em marcas de qualidade

Antes comprar o tonalizante para o seu cabelo, vale a pena analisar a qualidade das marcas disponíveis. Uma simples pesquisa na internet garante que você tenha a acesso à opinião de outros clientes. As pessoas que já tiveram alguma experiência com a marca podem falar melhor dos resultados, vantagens e ocasionais problemas.

O tonalizante é ideal para quem deseja testar várias cores até encontrar a tonalidade perfeita. Além de ser uma opção vantajosa para quem não costuma hidratar os fios e para quem tem os cabelos com alguma química mais agressiva, como no caso do alisamento.

Gostou do conteúdo desse post? Então, o que acha de saber um pouco mais sobre como cuidar dos cabelos durante uma rotina agitada?

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.